Brasil alcança segundo lugar no mercado de produtos pet

Mesmo com a chegada da pandemia pela qual estamos passando, o mercado de produtos pet continua a todo vapor.

Segundo um levantamento realizado pelo Euromonitor International, o Brasil se tornou o segundo maior mercado de produtos pet com 6,4% de participação global. Pela primeira vez estamos acima do Reino Unido (6,1%). Os Estados Unidos lideram o ranking com um total impressionante de 50% do mercado.

Os números crescentes dos últimos anos indicam que a crise passa longe desse segmento. Segundo o Instituto Pet Brasil, o mercado pet saltou R$ 32,8 bilhões em 2017 para R$ 35,4 bilhões até o terceiro trimestre de 2019, considerando indústria e varejo.

Isso se reflete até mesmo no PIB do país como uma fatia de 0,36%, segundo a Associação Brasileira de Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet).

No Brasil são 54,2 milhões de cães, 39,8 milhões de aves, 23,9 milhões de gatos, 19,1 milhões de peixes e 2,3 milhões de répteis e pequenos mamíferos. Um mercado muito amplo e variado que inclui mais do que a alimentação, produtos de higiene e saúde.

Hoje em dia já existe o mercado pet de luxo que inclui serviços diferenciados como spa com cromoterapia, acupuntura, reiki, ioga, natação para cães e até roupas de grife.

Saiba mais sobre o assunto, confira a notícia completa aqui.

Outras Notícias

Inovações no mercado pet durante a pandemia

Leia mais

Bezerras com maior ganho de peso produzem até 17% mais leite

Leia mais

Brasil registra crescimento na exportação de carne bovina em 2020

Leia mais